3 thoughts on “Ucrânia à beira da derrocada

  1. Os militares brasileiros realmente são uma piada. O Bozo (palhaço), cometeu o mesmo erro que a PresidentX Dilma, fez questão de cercar de puxa sacos e incompetentes.

    O General Tucano, Santos Cruz, foi inclusive expulso do governo apenas por dizer algumas verdades.

    Vão deixar o Palhaço Bozo estragar a festa de 200 (duzentos) anos de independência fazendo uma micareta golpista. Não acredito em golpe, mas é possível e obviamente também estragaria a festa.

    Naquela palhaçada dos 150 (cento e cinquenta) anos de independência trocaram os ossos de Dom Pedro I (Pedro IV em Portugal) por uma coleção rara de livros, de valor inestimável, da Biblioteca Nacional. [Essa parte ninguém fala].

    “Não se gasta vela com defunto ruim”…

    Agora a turma do Bozo quer “partir o coração” do Dom Pedro I (Pedro IV em Portugal)? Não sei como Portugal autorizou a viagem de um item tão frágil e ainda mais sabendo que a turma do Bozo está cheia de idiotas, incapazes de seguir qualquer tipo de protocolo.

    Tenho que falar em “necropolítica” só para lacrar…

    Entendo a admiração dos militares (especialmente os maçons) pelos reis portugueses… Ambos os grupos tem uma enorme semelhança, mesmo tendo um poder quase absoluto nas mãos não fizeram nada…

  2. Os antigos reis católicos (Portugal, Espanha, Áustria e etc…) costumavam proclamar-se defensores da fé católica.

    A França agora declarou-se “defensora da causa LGBT”, disse inclusive que sua diplomacia vai apoiar as comunidades LGBT no planeta inteiro. Agora ser LGBT é algum ELEMENTO DE IDENTIDADE NACIONAL. A França é o primeiro país LGBT no planeta.

    Será que estão priorizando os imigrantes LGBT para não ter que preocupar-se com os “imigrantes de segunda geração” que são um problema na Europa inteira? [Estou apenas levantando uma hipótese, não quero acreditar que a loucura do Ocidente tenha realmente chegado nesse nível].

    Agora se uma família africana (pai, mãe e filhos) quiser exilar-se na França basta dizer que é todo mundo LGBT?

  3. Um dia desses, vazou um comentário interno da Casa Branca sobre a inclusão da negligência ambiental alheia como critério para suas incursões militares (antes, Biden já propusera incluir a mudança climática no caderninho do Conselho de Segurança da ONU).

    Os identitários chilenos agora querem inventar uma “Nação Mapuche” para justificar uma invasão da Argentina, pois existem mapuches vivendo no territórios dos dois países.

Deixe uma resposta