2 thoughts on “A Amazônia não precisa de “salvação” ou de “salvadores”

  1. Agora o Paraguai está querendo receber uma indenização do Brasil pela Guerra do Paraguai.

    O sigilo sobre os documentos dessa guerra era de 100 (cem) anos e foi prorrogado por mais 50 (cinquenta). Agora a verdade vai ser revelada?

    Antigamente sigilo de 100 (cem) anos era para coisas graves, agora o Bozo usa isso para esconder os crimes dele e dos filhos bandidos dele.

    O Paraguai voltou a hostilizar o Brasil e a Argentina depois do Golpe de 2012. Pelo que tudo indica o Paraguai quer seguir os passos do regime nazista ucraniano, que depois do Golpe de 2014 começou a pregar o ódio contra a Rússia e o povo russo.

    Os militares brasileiros estão desatualizados, acham que tudo que não está nos manuais ocidentais é “teoria da conspiração”. Guerra hibrida não existe e todos os ONGistas são bonzinhos.

  2. As ideias das classes dominantes são as ideologias dominantes na sociedade.

    Os banqueiros parasitas (elite que quer mandar no mundo) são donos dos meios de comunicação, foi assim que doutrinaram as elites brasileiras (quatrocentões paulistas e a esquerda, que seria uma elite intelectual).

    Os banqueiros parasitas (elite que quer mandar no mundo) são donos da “Black Rock” e de outras empresas similares que usam para implementar sua agenda. A “Black Rock” quando coloca dinheiro na Netflix (e outras empresas que produzem conteúdo audiovisual) obrigam eles a defenderem a agenda LGBT, as drogas e etc (não vou citar exemplos para não terminar na cadeia, mas posso dizer que eles defendem “tudo que não presta”)…

    Quem é a elite dominante no Brasil? A elite paulista que foi doutrinada pelos banqueiros parasitas. A elite paulista abandonou completamente o setor produtivo e agora quer “viver de renda”.

    A esquerda é entreguista, mas disfarça isso com um discurso bonito. A direita é entreguista e não disfarça, são um bando de ignorantes que acham que vão ficar ricos transformando a Amazônia num deserto.

    O entreguismo só vai parar de ser a ideologia dominante depois que a Globo Golpista for varrida do mapa. Na verdade a situação no Brasil é gravíssima e embora a desaparição física dessa emissora certamente deixe o clima melhor, não trata-se de uma solução mágica que vai resolver todos os problemas do país.

Deixe uma resposta