5 thoughts on “Canalhas F.C.

  1. Boa tarde Rubem. Gosto de suas posições e gostaria muito de ver o Ciro com mais presença na disputa eleitoral e concordo com voce que essa ideia de que a . Mas sou obrigado a dizer que a frase “não sei quem é e tampouco me interessa” sobre o Elias Jabbour não tem fundamento. Sendo assim, todos os intelectuais não Ciristas devem ser descartados? De fato ele tem preferencias partidárias mas o seu trabalho intelectual é de grande relevancia e merece ser estudado e apreciado. O foco do seu trabalho é a China.

    Embora essas questões domésticas entre Lula, Ciro e Bolsonaro movimentem a maioria das discussões, vale observar os seus posicionamento geopoliticos e macroeconomicos. De antemão te dito, é trabalho de alta qualidade e garanto que estamos todos do mesmo lado.

    1. Nem o Jornal nem o Rubem são ciristas. Aqui nos consideramos não alinhados diante do atual quadro eleitoral. O Elias pode apoiar quem ele quiser, mas é lamentável que um intelectual com um trabalho consistente na Geoeconomia, como ele tem, se preste a fazer esse papel em sua militância.

      1. Perfeito, entendo isso. Não quis rotular ninguem de Cirista e de fato não foi o que eu coloquei no comentário. O que digo é que sendo alinhamento politico do dito economista pró Lula ou PT pode-se obviamente discordar disso mas dizer “não sei quem é e tampouco me interessa” é pesado, desnecessário, não ajuda em nada o debate, desmerece sua obra, etc. Tudo isso sabemos que não é o modus operandi do Jornal e mesmo do Rubem. Esse é um espaço raro na internet e se comento isso é porque não gostaria de ve-lo transformado em objeto de achincalhamento, cancelamento ou mesmo aprofundamento da ignorancia em relação a temas que pode-se dizer que são afins ao próprio posicionamento do site. abraço

  2. Sim. Concordo. Jabour tem excelentes estudos sobre o desenvolvimento econômico da China, cujo estudos, em muito aspectos, foi usado por Ciro na confecção de seu livro, O Dever da Esperança.

  3. Boa tarde Marciniak, eu não quero me intrometer (mas já o fiz), se você quiser uma pesquisa sobre a China de qualidade, tem o livro “Sobre a China” do Henry Kissinger, que infelizmente, mesmo sendo um globalista de mão cheia ainda é muito realista e completo, afinal ele teve contato com o próprio Mao-Tsé Tung. Aqui está o link: https://mundushistoriamoderna.files.wordpress.com/2018/04/5-sobre-a-china-henry-kissinger.pdf
    Boa qualquer hora, como o Rubem diria.

Deixe uma resposta