6 thoughts on “Para Xico e Tiburi

  1. *Enéas dizia que George Soros é o maior traficante do mundo.
    *Fontes informam que GS é só um laranja da JP Morgan.
    *Navios da JP Morgan transportam cocaína. JP Morgan também financiava o nazismo alemão, o qual fazia uso de metanfetamina no campo de batalha.
    *George Soros financia ONGs, partidos e ativistas do “Direito dos Manos”.
    *Os ativistas dos “direitos humanos” e partidos como PSOL defendem traficantes com unhas e dentes.
    *Juízes e promotores defendem traficantes e impedem a polícia de agir contra viciados (estão recebendo dinheiro dos traficantes para atrapalhar a polícia no combate ao tráfico?).
    *Já é sabido que banqueiros dos EUA controlavam o tráfico de drogas na América Latina.
    *A CIA traficava cocaína para pagar esquadrões da morte na Nicarágua.
    *O agente da DEA Kiki Camarena foi morto pela CIA depois de descobrir que o serviço de inteligência estava traficando cocaína.
    *Pablo Escobar trabalhava com a CIA até ser traído por quebrar o acordo de jogar o dinheiro do tráfico em Wall Street.
    *A Inglaterra se tornou uma potência econômica também por meio do tráfico de drogas, principalmente o tráfico de ópio entre Índia e China. Inclusive criou um banco, HSBC, para lavar dinheiro do tráfico de ópio.
    *Os EUA invadiram o Afeganistão e logo aumentaram a produção de papoulas e ópio em 4000%. O dinheiro do tráfico ajuda a pagar o exército americano e as operações da CIA.
    *As igrejas pentecostais são conhecidas por lavarem dinheiro do tráfico e por isso tem tanto traficante pentecostal balançando bandeira de Israel.
    *Wall Street e a City de Londres lavam os trilhões de dólares gerados por tráfico

    1. Todos os tópicos que o Sr. mencionou são “teorias da conspiração”, por trás disso existem verdades, mentiras e exageros.

      Sobre as drogas, me parece que é mais por questão de “engenharia social” do que por dinheiro. Todo mundo sabe quem controla o comercio triangular de armas, drogas e escravos no planeta. São pessoas podres que querem tornar o mundo tão podre quanto eles, para sentirem-se mais confortáveis.

      O famoso psicopata estadunidense Richard Ramirez foi criado pelo primo (Miguel “Mike” Ramirez). O primo dele ensinou ao garoto o que ele aprender no Vietnã, ensinou os valores que ele próprio recebeu da sociedade estadunidense. O primo ensinou ele a usar drogas, e ensinou que violentar, torturar e matar mulheres era algo normal.

      Sobre os globalistas, gostaria de lembrar que o Sr. George Soros manda no Paulo Guedes e no Bozo, literalmente. O pior é que os bozominions acham que o Bozo luta contra o globalismo.

  2. Concordo em 100% com a previsão do Careca de que mesmo que a gente consiga o que quer (transformar o Brasil numa grande potência) não vai ser uma vitória perfeita. Realmente esse país vai ficar cheio de gringos, sionistas e outros povos colonizadores.

    Sobre os gringos (estadunidenses). Existe uma pegadinha eles sempre sonharam em tentar nos colonizar mandando o lixo deles para cá (negros, escravocratas derrotados na guerra civil, evanjegues, neocons, identitários). Sobre os negros, não estou sendo racista, estou falando sobre a questão da “liberdade de navegação no Amazonas”. Muito gente nunca ouviu falar no projeto “A Amazônia para os negros americanos”.

    Quando falo em lixo (lixo humano de extrema direita), infelizmente é literal, basta assistir a Globo Golpista para ver o que eles pretendem. Querem nos transformar numa cópia ainda pior da sociedade deles.

    O que eu defendo é o que fez a China (Revolução Cultural Chinesa), mas apenas um distanciamento estratégico para combater o complexo de vira-latas e depois tentar reestabelecer as relações já seria suficiente. [Podem me chamar de radical, mas depois que a PresidentX Kamala Harris fizer outra lava jato para destruir o Brasil não venham reclamar]. Não sou defensor do governo do Peru, mas os gringos realmente não estão deixando ele trabalhar.

    O ideal seria cortar relações para sempre, mas todos os criminosos estadunidenses (lixo) fugiriam para cá. Isso é algo que eles inclusive usariam (se é que já não usam) o cinema para incentivar.

    Acho até que em caso de agressão militar seria o mesmo, afinal “les soldades” são todos lixo [imigrantes, negros, brancos pobres (white trash), caipiras (red necks), nazistas, supremacistas brancos da KKK e etc…]. Pelo menos a gente vai poder mandar todes elxs (OTAN/NATO) para o inferno sem sermos acusados de homofóbicos.

    Sobre os sionistas. Resumindo, eles não querem fazer parte dos países (hospedeiros) então eles apenas sugam o que podem (dinheiro, conhecimento) e usam contra os países de origem. Tem um palhaço que “finge ser ucraniano para destruir a Ucrânia”. [Eu realmente me seguro para não falar nenhuma besteira]. Eles juraram ódio eterno e pretendem destruir diversos países (Alemanha, Portugal, Espanha) o pior é que realmente estão conseguindo. Eles adoram vitimiza-se, enquanto fazem vítimas.

    Minha previsão sobre a terceira guerra mundial é exatamente essa (2024 D.C.). A guerra nuclear na península do Sinai em 2024 A.C. foi por um conflito entre os “deuses alienígenas”. Os sionistas não querem viver em paz e não querem que o mundo tenha paz. Eles vão “despovoar a região”, inclusive a entidade sionista e depois pretendem voltar (2042). O motivo é obvio, eles querem dominar uma certa região, mas como não tem população suficiente para escravizar aquela população (como fazem na Palestina) vão simplesmente exterminar todo mundo. Exatamente como o alemão do bigodinho queria fazer com os povos eslavos.

    Sobre os outros colonizadores (Inglaterra, França, Alemanha, Noruega e etc…). Seria preciso examinar minuciosamente cada um. Eu gosto de ser minucioso.

    Conhecendo a natureza do inimigo torna-se extremamente fácil prever todos os seus movimentos.

    Acho que vou escrever mais do que o normal para ajudar a tirar o sono de um certo analfabeto funcional que gosta de sugar conteúdo dos outros. O coitado ainda vai ter que ler isso depois daquela live “acidentalmente” grande.

  3. Entendo a visão Romântica do Sr. Carlos Velasco de que o Brasil seria por definição uma Terceira Roma. Não vejo problema em usar esse termo, já que apenas os russos sentir-se-iam rivalizados.

    Depois a gente precisa combinar com os russos sobre como vai ser a disputa pelo título. Vamos definir antes, ou vai ser de quem chegar primeiro (como fizeram os reis da Península Ibérica). Acho que dessa vez vamos lutar junto com alguns “infiéis”, mas será por um justo fim. Acho que muita gente quer acabar com a maior parada LGBT do planeta. [Mateus 7:6]

    A Rainha Isabel I de Castela não foi canonizada ainda por causa da influencia dos sionistas sobre o Vaticano. Não acredito que a Santa Sé possua atualmente respeito no plano internacional suficiente para mediar a paz.

    O Brasil tem dois problemas para tentar sediar uma conferencia de paz. O primeiro é o Bozo que desmoralizou completamente a diplomacia brasileira, que já tinha perdido “status” por causa do golpe de 2016. O segundo é que realmente trata-se de um conflito regional.

    Melhor deixar com a Turquia, eles estão mesmo precisando de alguma projeção internacional. Voltar “para o outro lado do rio” seria excelente.

  4. A parte mais importância da Live foi a intervenção do Sr. Raphael Machado.

    Realmente já existe massa crítica para formar um movimento. O Aldo Rebelo não fez o quinto movimento sozinho?

    Penso que o melhor viés é o de esquerda. O Bozo desmoralizou a direita e também seria mais fácil fazer alianças internacionalmente pela esquerda. A “direita nacionalista” quando funciona é sempre num país só. [Não estou defendo a revolução permanente].

    O problema da turma do Trotsky é que se achavam “os iluminados” e queriam resolver todos os problemas do mundo na mesa do bar. O PCO que é o único partido trotskista sério no Brasil sempre faz propostas “muito abstratas”.

    Direita e esquerda permanecem conceitos válidos, ainda que se tenham uma enorme zona de convergência sob um viés nacionalista. Seria como dizer que o “livro” tem que ser sob a convergência. Certamente as discordâncias virariam dois apêndices, um de esquerda e outro de direita.

    Conforme ponderou o Sr. Velasco fica obvio que vai demorar para o movimento ganhar força.

    Quantos caminhos existem para o Brasil? Existem mais de 40 partidos, mas não existem 40 caminhos.

    O primeiro (com algumas ramificações) é ser um prostibulo estadunidense. Isso é o que os identitários (PT, PSOL e etc…), a direita tradicional (Globo Golpista e PSDB) e os neocons da turma do Bozo defendem.

    O PT quer as estatais para aparelhar, encher de companheiros. A direita tradicional (centrão) quer para roubar. Os tucanos querem para vender e receber a “parte deles” nos paraísos fiscais. [Os corruptos escondem os seus roubos nos mesmos locais onde ficavam as bases piratas de antigamente, não acho que é coincidência].

    O segundo é transformar o país numa potência.

    Não acho que seja necessário um grupo de iluminados, acredito mais na construção coletiva (não estou falando dos coletivos do PSOL onde todo mundo pensa exatamente a mesma coisa).

  5. “A diferença entre o veneno e o remédio é a dose”.

    O Careca falou em mandar os identitários para o Gulag Canavieiro e para o Centro de Reeducação Política. [Ele deve ter lido a minha mente]. Vou cobrar os royalties, o meu advogado conversa com o seu advogado.

    Deixa essa turma só uns 6 (seis) meses lá e depois manda para Miami, para Londres. Os países ocidentais adoram receber esse lixo. [Sempre quis mandar de volta o lixo que eles mandam para cá].

    Um erro que muita gente cometeu no passado, inclusive o Camarada Stálin, foi querer resolver alguns problemas muito rápido e terminar fazendo bobagem.

    Quando eu falo sobre os sionistas e evanjegues é no mesmo sentido que falo dos identitários, não vale a pena sujar as mãos com eles. Basta assustar um pouco. [“Brasil: Ame-o ou deixe-o!”]

Deixe uma resposta