1 thought on “Vaticano propõe nova Conferência de Helsinque

  1. Isso é só vai servir para irritar o Erdogan (Turquia) que não gosta de bater continência para o Papa. A Turquia conseguiu um certo protagonismo nesse conflito, mesmo estando claramente do lado dos nazistas ucranianos. Eles pelo menos disfarçaram e/ou a Rússia fingiu que não viu.

    O regime sionista tentou conseguir protagonismo fingindo neutralidade, mas ficou muito obvio o apoio aos nazistas ucranianos. O Papa desde o começo do conflito foi parcial, apoiou o regime nazista ucraniano.

    Outro detalhe é que sequer existem países (não estou falando de Repúblicas de Opereta) neutros na Europa. Não tem-se como comparar aquela situação com a atual. A própria Finlândia tornou-se abertamente nazista e os vermes liberais da Suécia também pararam de fingir civilidade (continuam falando fino, mas por outras razões).

Deixe uma resposta