1 thought on “É oficial: Rússia vai erguer um novo Estado nos territórios liberados

  1. Melhor anexar logo tudo. O que sobraria seria apenas um país miserável e infestado que nazistas que “odeiam a Rússia e o povo russo”. O mundo não precisa de “outra Polônia”.

    Todo mundo ignora as ameaças, no plural, contra a Amazônia. O PSDB e a Globo Golpista são completamente subservientes aos gringos. O PT está completamente corrompido por ONGistas. A extrema direita é ainda pior já que o Bozo incentiva abertamente o extermínio dos índios e a destruição dos Biomas.

    Uma coisa é justificar uma guerra com uma mentira, como fizeram no Iraque. Outra coisa é justificar com a verdade, o Bozo seja por incompetência ou amor ao banditismo (grileiros e garimpeiros) está deixando a imagem do Brasil no exterior cada dia pior. Os militares são um bando de vagabundos já que tratam o assunto como se fosse uma brincadeira, eles fingem que existe uma ameaça para justificar a existência das forças armadas. O problema é que a ameaça é real.

    Eu critico mesmo a turma da picanha com leite condensado. Essa história de comprar brindes com as sobras sempre foi esquisita, mas agora perderam o pudor. O orçamento das Forças Armadas é pequeno, o problema é que agora “por ganhar pouco”, os militares se colocam no direito de transformar todo o orçamento em “sobras” e gastar tudo com bobagem (viagra e outras coisas que deveriam comprar com o próprio dinheiro como qualquer pessoa normal).

    Como na fábula “O Pastor Mentiroso e o Lobo” é obvio que não devemos brincar com coisas sérias. A ameaça são os gringos e seus vassalos da OTAN, não é o Macron especificamente. A questão é que os militares são todos fascistas com complexo de vira-latas incapazes de enfrentar os gringos, ainda que no plano retórico.

    O Macron trabalha contra o Brasil? Sim, ele não paga uma fortuna para aquela ONG na Serra do Cachimbo por preocupação com os índios. Cada país do Ocidente tem um papel nesse plano contra o Brasil, por isso digo que é uma agenda “fragmentada”.

    Essa história de que as potências colonialistas querem apoderar-se da “Sibéria” e da “Amazônia” não é sequer novidade, mas para algumas pessoas é uma simples “teoria da conspiração”.

Deixe uma resposta