Quem vai prevalecer: a China patriótica ou os Estados Unidos LGBT?

Por Felipe Quintas

Na China, os jovens estão vivendo uma onda de “consumo patriótico”, na qual eles dão preferência para marcas nacionais que incorporem em seus produtos aspectos da cultura e das tradições nacionais. Eles mesmos dizem que querem ser modernos, não ocidentais.

Por outro lado, nos EUA, a cidade de San Francisco declarou estado de emergência por causa do elevadíssimo número de mortes por overdose, e, em Pittsburgh, 10% dos estudantes de ensino médio se declaram “não-binários”, ou seja, não sabem nem o que são.

Entre China e EUA, quem vocês acham que vai prevalecer no século XXI? Mais ainda: quem vocês acham que merece prevalecer no atual século?

Deixe uma resposta