Talíria Petrone, do PSOL, quer regulamentar a profissão de ladrão

Taliria Petrone entrou com a PL 4540/2021 que regulamenta a profissão de ladrão. Gente, eu amo essa mulher, adoro de paixão o seu partido. Tenho certeza que com essas nobres atitudes o Brasil será um país cada vez melhor e mais justo.

Que inveja de quem votou nesse baluarte, esse estandarte vivo sempre alerta e pronta a intervir em defesa do mal feito, de criminosos e delinquentes em geral. Essa esquerda enche qualquer um de seus eleitores de orgulho e júbilo.

Força nobre deputada, não esmoreça, só acho que essa deve ser uma PL que atraia muitas outras, devemos também imediatamente discriminalizar o roubo e furto de automóveis, motocicletas e os assaltos a mão armada.

Cada vez que vejo uma atuação sua fico emocionado e me recordo de nossa grande e letrada filósofa Márcia Tiburi e sua antológica e inesquecível afirmação de sempre ver uma lógica no crime, sempre acertadamente ao lado dos meliantes e não desse arrogante povo.

Acho que em pouco tempo estaremos no que se pode chamar o estado da arte, crimes totalmente impunes, roubos e assaltos a mão armada sempre tratados com leniência e como cereja do bolo o projeto do grande Lula de desencarceramento total e irrestrito.

Nesse dia da redenção total poderemos jogar nossos agentes de segurança nessas celas, perseguir a todos e suas famílias, dar finalmente o direito de cada um fazer o que quiser, afinal o “baiano” sempre teve consciência social.

É noixxxxxx !!!!!!

Rubem Gonzalez

1 comentário em “Talíria Petrone, do PSOL, quer regulamentar a profissão de ladrão

  1. E adivinhem só, a TV Cultura vai produzir uma série em 22 para “comemorar” o bicentenário da Independência do Brasil sob o ponto de vista identitário: https://www.terra.com.br/diversao/tv/bicentenario-da-independencia-luiz-fernando-carvalho-dirige-serie-para-tv-cultura,d7bb304fccc5fb9168055195e92fc335fsxi36ct.html
    E Feliz Ânus Novos porque em 22 será necessário ter muito cu de ferro para aturar o que vem pela frente!

Deixe uma resposta