Vitória de Ortega deixa Biden e Grande Mídia espumando pela boca

A vitória do candidato nacionalista Daniel Ortega nas eleições da Nicarágua fez com que Globo, Folha, Veja e todo o resto da Grande Mídia viessem com o chororô de sempre.

Ortega foi eleito no último domingo (7/11) com 75% dos votos e irá para seu quarto mandato, cuja principal marca é a de um Governo Forte e Nacionalista.

A Grande Mídia acusa Ortega de instalar uma Ditadura Sanguinária pelo fato de lideranças opositoras terem sido detidas por conta do envolvimento com esquemas de milhões de dólares enviados do exterior para financiar jornais, ONGs e manifestações.

O esquema visava promover uma Revolução Colorida na Nicarágua, em uma clara operação de Guerra Híbrida.

Os opositores que buscavam a Revolução Colorida foram enquadrados na Lei nº 1055 de Independência,Soberania e Autodeterminação para a Paz, que busca coibir intervenções estrangeiras na Nicarágua.

O governo de Joe Biden chamou a vitória de Ortega de “fraude” – o mesmo Biden que venceu as eleições norte-americanas com “misteriosos” votos pelo correio que o colocaram à frente de Trump.

O novo mandato de Daniel Ortega começa em janeiro de 2022 e vai até janeiro de 2027.

Deixe uma resposta