A “FAKEada” de Ciro Gomes

Já é manchete em toda a Mídia a decisão de Ciro Gomes de suspender sua pré-candidatura à Presidência depois que 15 dos 24 deputados do seu partido, o PDT, votaram a favor da PEC dos Precatórios.

O político cearense avisou que só voltará atrás na decisão se os pedetistas mudarem seus votos na votação em 2º turno da PEC, que está marcada para próxima terça (9/11).

Uma pergunta que fica é: quem ainda acredita que não se trata de um jogo de cena?

É só analisarmos bem o roteiro: Ciro ameaça se “sacrificar” em prol de uma causa maior, o que gera intensa repercussão midiática, faz a militância cirista se mobilizar, os deputados do PDT “se sensibilizarem”, “mudarem de ideia”, e a PEC dos Precatórios acaba rejeitada graças ao heróico gesto do político de Sobral, que na próxima pesquisa sobe 2 pontos.

É ou não é uma trama bem sacada?

Lembrando que seu marqueteiro pessoal, o lendário João “El Mago” Santana, não ganha 250 mil pratas mensais exatamente à toa.

Tudo leva a crer que estamos diante da FAKEada de Ciro Gomes – resta saber se o PDT, João Santana e o pré-candidato saberão aproveitar da melhor maneira.

Deixe uma resposta