O oportunista

Demagogo, oportunista e surfista das boas causas midiáticas tentando enganar as pessoas mais humildes, porém quando exposto e radiografado demonstra exatamente o que é e a quem serve.

Esse é o retrato acabado demais um político profissional, alguém que achou o caminho das pedras e agora vai se pendurar nas tetas ad eternum, sempre fingindo trabalhar para os humildes e fechando no atacado como o poder.

Esse nunca vai ter partido definido, nunca vai ter linha ideológica e nunca vai ter uma causa para lutar, luta pelas causas voláteis explorando sempre a fragilidade socioeconômica do povo, essa será sempre a sua causa, as migalhas que podem ser dadas ao povo.

Não espere de políticos desse naipe nenhum ato de grandeza, não passam de lobos em pele de carneiro, estão sempre nos corredores atrás de negociatas mesmo com a sua aparente indignação de goela para aparecer altamente engajado e solidário ao povo.

São esses tipos que doam estatais, votam a favor de políticas econômicas que massacraram ao povo, destroem economicamente o país e entregam nossas riquezas, é por esse tipo de político da calada da noite que o Brasil está sendo erodido aos poucos, até não restar nada.

Depois, para mostrar uma imagem caça votos, veste um personagem indignado e faz matérias chinfrins sobre mau uso do dinheiro público e finge lutar por uma esmola maior para o povo, muitas vezes sabendo que suas demandas não tem a mínima chance de ser aceitas, mas o que vale é a propaganda ver a mídia gratuita.

Por incrível que pareça o Brasil não precisa se livrar do candidato comunista, do candidato fascista do candidato de direita ou de esquerda, o Brasil precisa se livrar exatamente desse tipo de candidato, o oportunista de plantão, o vigarista eleitoral, o enganador de discurso fácil que finge estar ao lado do povo mas está sempre ao lado dele mesmo.

2 comentários sobre “O oportunista

Deixe uma resposta