O fim das farsas

Está na hora de acabarmos com uma das muletas da New Left brasileira, colocar ordem na casa e fazer com que as pessoas partam para uma discussão política de forma séria e concisa, sim se prestar a este ou aquele candidato, já que a situação do Brasil hoje não permite mais esse tipo de romantismo idiota, na maioria das vezes, cercada de interesses menores e mesquinhos.

A principal muleta hoje da New Left que encontra em Luiz Inácio Lula da Silva seu Salvador, o homem ungido, o escolhido, ou iluminado que vai nos tirar das trevas, é dizer que a Lava-Jato e Sérgio moro elegeram Jair Bolsonaro.

Isso é uma das mais redundantes inverdades já proferidas no cenário nacional, porém tal e qual a palavra “fascismo’, adjetivo criado por essa mesma New Left para tentar diminuir, anular ou descredenciar qualquer discurso que fira seus interesses, diga-se de passagem muitas vezes mesquinhos interesses.

A Lava-Jato para começo de papo foi uma criação de dona Dilma Vana Rousseff, com ajuda do seu inestimável escudeiro José Eduardo “Galinha” Cardoso. Fizeram o dever de casa e implementaram no Brasil a política externa dos Estados Unidos para destruir economias emergentes. Podemos dizer que ambos os representantes do PT fizeram muito bem o dever de casa, o dever de sabotagem o próprio país.

Bolsonaro não foi eleito pela Lava Jato, ele nem era o candidato dela. Aliás a Lava-Jato nunca teve candidato, pois é o mecanismo do Departamento de Estado americano para implodir as economias internas de países emergentes, uma forma de acabar com a concorrência e, de quebra, fazer dinheiro para todos os seus sócios. Porém movimentos como esse só podem acontecer com a aquiescência do governo local, pois nada conseguiram na Turquia, nada conseguiram no Egito, mas, no Brasil, na figura do PT e seus governantes, conseguiram tudo que quiseram.

Quem elegeu Jair Bolsonaro foram as marchas coordenadas pela CIA de 2013, aplaudidas e incentivados pela presidente da república e obviamente seu partido, os movimentos terroristas visando destruir o emprego e o investimento é algo que saiu diretamente do bojo das think tanks esquerdistas bancadas por mecenas de Wall Street, inclusive hoje um dos principais terroristas desse movimento é figura de proa Da New Left. No caso, o fabricado e anabolizado é Guilherme Boulos.

Quem elegeu Jair Bolsonaro foi a escandalização da corrupção nas estatais e nos órgãos públicos, foi o preenchimento de milhares de cargos em DAS por identitários militantes de suas próprias causas, que começaram impor a um povo notadamente conservador que quem deveria liderar e dar as ordens no país eram minorias, todas elas com mandadas de fora e com pautas importadas; pautas essas que pouco se importavam com os valores do nosso povo.

Por último, e o mais importante o fato foi que, em 2015, Dilma Vana Rousseff, como auxílio de Joaquim Levy, o Paulo Guedes da época, provocou a maior crise monetária do Brasil desde a proclamação da República, enxugou, em dinheiro de hoje, mais de R$ 500 bilhões da economia, provocando um desemprego monstruoso que, aliado a sua filha dileta a Lava-Jato, transformou o Brasil numa terra de ninguém, uma curva do rio.

Portanto está na hora de enterrar a falácia que foi Sérgio Moro ou a Lava Jato que elegeram Jair bolsonaro, pois quem o elegeu foi o beco, foi o brasileiro médio que não tinha para onde ir, cidadão esse desempregado vilipendiado, vendo as castas superiores cada vez mais gordas e o país a sua volta cada vez mais destruído e sem perspectivas.

Para acabar de vez com o romantismo, devemos dizer que Jair Bolsonaro em nada difere de Dilma Rousseff, ambos são continuadores da mesma política de destruição de todo o conteúdo nacional, o Lula fez um pouco diferente não se sabe porquê, até porque jamais reverteu uma privatização criminosa do FHC, e, ao invés de colocar esse atrás das grades, sempre que podia mandava a ele um elogio.

2 comentários sobre “O fim das farsas

  1. Mandando o papo… direto e reto, a triste e dura realidade desses trágicos últimos anos a que submeteram o Brasil, parabéns Rubão e equipe, a lamentar o Zé Povão ainda preferir ser cracudo do BBB, Sikera & cia à se ligar nisso aqui.

Deixe uma resposta