Explicando explicadinho

Para encerrar e enterrar a celeuma compras públicas e Ciro Gomes, quero deixar claro que já fui gerente de contrato, e mostrar que não se audita uma compra nesse valor, pinçando um ou outro item polêmico, a técnica é outra.

Algo tão grandioso não é assunto para uma discussão para memes e banners, isso é irresponsável e sem nenhum efeito prático, o nome disso é pirotecnia, é a isso que eu me referi.

Um político ou um partido sério, faz uma auditoria independente em cima de todo o processo em questão e emite um relatório ou dossiê completo sobre o mesmo, faz a divulgação dele de forma pública, e entrega uma cópia para presidência da república, outra para o congresso e outra para o Ministério Público.

É assim que nascem os grandes líderes, os estadistas e as pessoas de destaque, é assim que nascem os políticos temidos, o que o Ciro Gomes fez foi apenas mais do mesmo, entrou no “oba oba” do oportunismo pontual do militonto da esquina.

Definitivamente não é isso que eu quero para um candidato, eu desejo alguém sóbrio e firme. Alguém que se apresenta publicamente como um velho professor de direito, não tem o direito, desculpem o trocadilho, de publicamente fazer o que ele fez.

Atuou como um rábula cachaceiro de um distante e isolado município do interior do país, e definitivamente não é disso que eu preciso, eu quero alguém com o estofo moral de um Roosevelt e não um político da estirpe de Odorico Paraguaçu.

Enquanto não aprendermos a elevar a política a um nível mais alto , enquanto acharmos que a atitude suja e covarde do seu adversário é justificativa para você fazer o mesmo, continuaremos perdidos e sem um candidato sequer digno de confiança.

Essa minha crítica ao Ciro Gomes se torna pertinente para mim, porque é um grande desperdício de talento, um homem público com uma conduta aparentemente ilibada, representando um partido aparentemente trabalhista, e que enxerga numa oportunidade de ouro, num ponto de apoio excelente para criar uma excelente pauta, mas se perde no oportunismo vulgar de uma luta encarniçada pelo poder a qualquer custo.

A minha postagem não é contra o Ciro Gomes cidadão, esse eu não conheço pessoalmente, e jamais cometerei a heresia de atacar a sua honra, ataco simplesmente o Ciro Gomes homem público, como já dito, um talento desperdiçado que mais uma vez sai para caçar e acerta o cachorro.

Daqui a pouco as ONGs de defesa de direitos dos animais irão fazer alguma representação contra o Ciro Gomes, afinal ninguém mata mais cachorros em caçadas no cenário político nacional do que ele…

PS: O print abaixo é apenas para ilustrar como não se deve fazer uma denúncia, denúncias são calcadas em provas e não em alarmismos e destaques tolos. Quem fez isso não tem certeza se era uma unidade ou uma caixa, mas fez assim mesmo, provando que o oportunismo passa por cima da responsabilidade da fiscalização do governo, como sempre falo a briga é por Brasília e não pelo Brasil…

Deixe uma resposta