A Cosanostra paulista

Como eu previ e publiquei o Russomano cavalo paraguaio derrete ao sol em Sampa e a mídia amestrada por gordas verbas públicas da tucanalhada manobra para colocar no segundo turno o cosplay de pobre, o Boulos, que perde para qualquer um nessa segunda rodada.

A máquina criminosa construída por três décadas em São Paulo pelos tucanos é perfeita, uma estrutura de corrupção que apanigua a mídia , o judiciário e mantém um acordo de boa vizinhança com o PCC, uma verdadeira engenharia do crime.

O alvo desde o primeiro momento dessa engenharia do continuísmo e do assalto a coisa pública é isolar o candidato que eles mais temem que é o Márcio França, pois sabem que é ele o inimigo a ser batido e é nele que se concentram os esforços dessa cosanostra paulistana.

E assim caminha a humanidade, e assim caminha o gado paulistano, o mais bem amestrado do país e assim caminha a maior organização criminosa da política nacional, o tucanato paulista parece um partido nazista que deu certo…..

Deixe uma resposta